Logo

Dar Doces no dia de São Cosme e Damião é prática da umbanda e candomblé


A Igreja Católica celebra hoje (26) os santos Cosme e Damião, irmãos, médicos e mártires do século III. No Brasil, esses santos são associados ao costume de dar doces para crianças. Mas, isso “não tem nada a ver com a Igreja Católica”, disse o padre de Bauru (SP), monsenhor Rubens Miraglia Zani. “É uma tradição de candomblé e de umbanda, onde os santos católicos Cosme e Damião são sincretizados com ibejis e doum, que são entidades consideradas entidades infantis dentro da umbanda e do candomblé”, completou.


Os santos Cosme e Damião eram celebrados na Igreja Católica em 27 de setembro. Mas, com a reforma do Calendário Romano, em 1969, a data foi mudada para 26 de setembro, para não coincidir com o dia de são Vicente de Paulo.


Monsenhor Zani chamou a atenção para o fato de as imagens das religiões de matriz africana apresentarem “três entidades, duas maiores e uma pequenininha no meio delas, as três vestidas do mesmo modo, porque seria são Cosme, são Damião e doum”.


“Muitas vezes, eles pedem para nós padres abençoarmos essas imagens, mas escondem o terceiro, ficam com a mão por trás, para que a gente não veja, porque, se vermos, vamos perceber que se trata de umbanda, de candomblé e, evidentemente, não se faz bênção de nada disso, porque as intenções deles são completamente distintas”, disse o padre.


#supersticao #saoCosme #saoDamiao #igrejacatolica #formacao #formação #catequese #santododia


Fonte: ACI Digital.

Edmilson Aparecido 


Postar um comentário

0 Comentários