Letras

Milagre de Tambaú



"Eu que não acreditava, pra ver se é verdade ou não
Convidei meus conhecido, meus parente, meus irmão
Com destino a Tambaú, saimo de caminhão
Nóis cheguemo na cidade, os hotér tava lotado
Tinha gente que dormia pelo chão esparramado
O milagre que nóis vimo, deixo nóis tudo abismado"

Uma véia milionária ao receber a benção
Jogou a muleta fora no meio da multidão
Tirou seu colar de ouro e chorando de emoção
Quiz entregar para o padre pra mostrar sua gratidão

O padre então lhe falou:"Eu não posso aceitar
os milagres que Deus faiz só o bem pode pagar
Se é este o teu desejo,pegue então o seu colar
Dê a primeira pessoa que no caminho encontrar"

A primeira criatura que na estrada apareceu
A véia lembrou do padre do seu carro ela desceu
Foi pra dar o seu colar na hora se arrependeu
Por ser uma pobre preta cinco mil réis ela deu

Mais adiante a véia rica viu suas perna enfraquecida
Voltando de novo ao padre por ele foi repreendida
Teu cinco mil réis tá aqui guarde pro resto da vida
A pretinha que ocê viu era a Senhora Aparecida



Composição: Teddy Vieira e Palmeira



Postar um comentário

0 Comentários